Segunda, 11 de setembro de 2017, 14h42
Tamanho do texto A- A+


Geral / investigação

Procon apura aumento da tarifa de estacionamento de Shopping Pantanal

Segundo o órgão, a alteração está infringindo a legislação consumerista



O Procon Estadual instaurou uma investigação preliminar, por meio da Gerência de Fiscalização, Controle e Monitoramento de Mercado, para apurar se o aumento da tarifa do estacionamento do Multipark do Shopping Pantanal, ocorrido na última semana.


Segundo o órgão, a alteração está infringindo a legislação consumerista.


De acordo com o superintendente Onofre Júnior, a investigação foi motivada por reclamações de vários consumidores – pelos canais de atendimento telefônico do órgão, redes sociais e repercutidas na imprensa - sobre o aumento do valor do estacionamento do Shopping Pantanal.


Para a instauração da investigação, o Procon também levou em conta que os índices oficiais apontam que nos últimos 12 meses o país teve a menor taxa de inflação dos últimos 18 anos.


“Também não se teve notícia de qualquer melhoria na infraestrutura do estacionamento no último ano, que justifique o aumento da tarifa”, explicou o gerente de Fiscalização, Ivo Vinícius Firmo.


O Multipark foi notificado no último dia 6 e deverá apresentar, no prazo de 10 dias ao Procon, documentos que justifiquem o aumento da tarifa.

 

O fornecedor precisará informar todos os preços praticados para estacionamento nos meses de setembro/2012, setembro/2013, setembro/2014, setembro/2015, setembro/2016 e setembro/2017, considerando os valores cobrados de motos, carros e outros. Deverá, também, informar qual o prazo de carência concedido ao consumidor sem cobrança dos serviços para o mesmo período.


Precisará, ainda, apresentar justificativa para o aumento nos valores do estacionamento dos anos de 2012 a 2017, comprovando com documentos que entender necessários.





AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados